Comunicação pública e media training

 

Módulo 1

Comunicação, expressão e técnicas de expressão

  • Escolha da temática, conhecimento do público, definição dos objectivos, preparação do material, local da apresentação e recursos educativos.
  • Preparação da intervenção, consoante a sua natureza (discurso, debate, entrevista, painel, etc.); estrutura de um discurso persuasivo.
  • Gestão do tempo e etapas da apresentação; vencer as tensões que bloqueiam a comunicação, transformar o stress inicial em energia positiva, comunicar verbal e não verbalmente; improvisação; postura e atitude (sentado, de pé, em púlpito, sem púlpito ou em espaço aberto).
  • Língua e linguagem: erros comuns na comunicação falada, impressões e convicções de pronúncia, como tirar dúvidas e corrigir a escrita e a fala.
  • Atitudes facilitadoras da comunicação; técnicas para capturar a atenção do grupo: sinais de “alarme”, utilização da técnica da escuta activa e reformulação das questões; responder às objecções sem se desviar do objectivo; estratégia para moderar potenciais conflitos orador/audiência.
  • Debate no final da apresentação: princípios, regras e condicionantes. 
  • Apresentação por cada um dos formandos. 
(4 horas de duração – ½ dia)

 

Módulo 2

Utilização da voz e visualização

  • Técnicas de controlo da voz: respiração e domínio da fala; descoberta das potencialidades pessoais e utilização das ferramentas da voz, do olhar, dos gestos, da postura, da movimentação.
  • A linguagem do corpo como enriquecimento da linguagem oral: a postura persuasiva.
  •  Avaliar e melhorar as capacidades oratórias do orador.
  • Imagem do orador e as primeiras impressões: o corpo e o vestuário; que vestir consoante as ocasiões; escolha criteriosa: os tons mais favoráveis; camisas/gravatas/laços; apresentação/cabelo/caracterização; utensílios.

(4 horas de duração – ½ dia)

 

Módulo 3

Treino em comunicação com os media propriamente dito

  • Auto-avaliação.
  • Princípios da comunicação através dos meios de comunicação social: diferenças entre os audiovisuais – televisão, rádio – e imprensa escrita. O papel e a relação com os jornalistas (diferença entre os diversos agentes).
  • Vencer as inibições e tensões que bloqueiam a comunicação nestes meios, transformar o stress inicial em energia estimulante e positiva; a comunicação verbal e não-verbal e a improvisação.
  • Relação com os meios de comunicação através do uso de uma câmara; descoberta da fala de síntese através do improviso face à câmara.
  • Media-training propriamente dito. 
  • Avaliação final (sustentabilidade).

(4 horas de duração – ½ dia)

istanbul evden eve nakliyat